terça-feira, 18 de abril de 2017

Terra Santa

 TERRA SANTA 

Terra Santa é um termo que no judaísmo se refere à Terra de Israel. Judeus, bem como não-judeus têm tradicionalmente se referido a esta área como "Palestina", como em um mapa de 1759 (em anexo), que a chama de "A Terra Santa, ou da Palestina".
O termo também é usado por muçulmanos e cristãos para se referir à área entre o rio Jordão e o mar Mediterrâneo, ou seja, inclui a moderna Palestina, assim como Israel. Para os cristãos são os locais onde Jesus Cristo nasceu e viveu (como BelémNazaré e Jerusalém).
Parte do significado da terra deriva do significado religioso de Jerusalém, a cidade mais sagrada para o judaísmo, a região histórica do ministério de Jesus, e o Isra e Mi'raj evento no Islã. A percepção de santidade da terra para o cristianismo era parte da motivação para as cruzadas, onde cristãos europeus procuraram recuperar o controlo do território de volta dos muçulmanos turcos Suljuq, que haviam tomado o lugar depois de derrotar os muçulmanos árabes, que tinham por sua vez assumido o controle do cristão Império Bizantino.
Muitos locais da Terra Santa têm sido de peregrinação destinos para adeptos das religiões abraâmicas, incluindo judeus, cristãos, muçulmanos e bahá'ís. Peregrinos visitam a Terra Santa para tocar e ver manifestações físicas de sua fé, confirmar suas crenças e conectar-se pessoalmente à Terra Santa.[1]
O papa Urbano II convocou, em 1095, uma expedição de retomada a Terra Santa.
Resultado de imagem para terra santa
Resultado de imagem para terra santa
Resultado de imagem para terra santa
Resultado de imagem para terra santaResultado de imagem para terra santa
Resultado de imagem para terra santa
Resultado de imagem para terra santa
Resultado de imagem para terra santa
Resultado de imagem para terra santa tumulo de jesus
Resultado de imagem para terra santa tumulo de jesus
Resultado de imagem para terra santa tumulo de jesus
Resultado de imagem para terra santa rio jordao

MANAMA BAHREIM

MANAMA BAHREIM  

Manama (pronunciado em português europeu: [mɐˈnɐmɐ]; pronunciado em português brasileiro: [maˈnɐmɐ]; em árabe: المنامة‎ Al Manāma) é a capital e a maior cidade do Bahrein com aproximadamente 225.000 habitantes, assim concentrando cerca de um quarto da população do país.
Há registro da menção de Manama em Crônicas islâmicas desde 1345 (aproximadamente). A cidade já fora conquistada pelos portugueses em 1521 e depois pelos persas em 1602. Manama afirmou-se como um porto livre em 1958, e em 1971 tornou-se capital do Bahrein independente. Hoje em dia, Manama está atraindo outros investimentos, como na industria naval, siderúrgica e metalúrgica, com o objetivo de diversificar a economia deste pequeno emirado, que dentro de alguns anos deve ver suas reservas de petróleo esgotadas. Característica cidade de prédios modernos e estilo ocidental, a cidade tem ruas largas, e vastas avenidas, retocadas com modernos edifícios financeiros.
Resultado de imagem para manama bahrain
Resultado de imagem para manama bahrain
Resultado de imagem para manama bahrain
Resultado de imagem para manama bahrain

sábado, 25 de março de 2017

CANOVE (ROMA) ITÁLIA

CANOVE (ROMA ) ITÁLIA

Canove (Roan in cimbro[1]) è una località di villeggiatura montana dell'Altopiano dei Sette Comuni, frazione del comune di Roana, in provincia di Vicenza, situata nella Val d'Assa[2][3]. Si trova ad un'altitudine di 1.001 m s.l.m.[1][4] e conta una popolazione di circa 970 abitanti[1][4]. È sede del municipio di Roana.

Geografia fisica 

Canove è situata lungo la strada che da Treschè Conca porta ad Asiago e Gallio[5] e si trova a 2,25 km[4] a sud del centro di Roana.
Resultado de imagem para canova ROMA  ITALIA
Resultado de imagem para canova ROMA  ITALIA
Resultado de imagem para canova ROMA  ITALIA
Resultado de imagem para canova ROMA  ITALIA
Resultado de imagem para canova ROMA  ITALIA
Resultado de imagem para canova ROMA  ITALIA
Resultado de imagem para canova ROMA  ITALIA
Resultado de imagem para canova ROMA  ITALIA

MIAMI EUA

MIAMI EUA 

Miami (pronunciado em inglês [maɪˈæmi] ou [maɪˈæmə]) é uma cidade localizada no estado americano da Flórida, no condado de Miami-Dade, do qual é sede. É a segunda cidade mais populosa da Flórida, depois de Jacksonville, e a 44ª do país.
A atual cidade tem origem numa povoação criada no fim do século XIX, que prosperou com o caminho-de-ferro e o porto. Miami é também conhecida por ter uma grande comunidade de exilados cubanos, principalmente concentrados na Little Havana.
Miami é um centro turístico, sendo uma das cidades mais visitadas por turistas nos Estados Unidos, por causa de seu clima quente durante o ano inteiro, e pelas suas praias. A cidade é uma das mais frequentadas pelos snow birds (termo usado para descrever os habitantes da região norte dos Estados Unidos, que passam o inverno nos Estados do Sul, em especial, a Flórida, para fugirem da neve e ao frio). O turismo tornou-se uma importante fonte de renda de Miami a partir da década de 1920, e é atualmente a principal fonte de renda da cidade.
São falados comumente na cidade, além do inglês, o espanhol, devido à quantidade de hispano-americanos (de origem cubana, porto-riquenha, mexicana e de outros países da América Central) morando em Miami. A região também conta com uma colônia judaica numerosa.
Nos arredores da cidade está o Aeroporto Internacional de Miami, que é o segundo aeroporto mais movimentado do estado, atrás apenas do Aeroporto Internacional de Orlando. Este aeroporto está em tempos atuais em reformas, o que possibilitará a operação de grandes jatos, como o A380, da Airbus e outros grandes aviões.
Muitos imigrantes ficam em Miami, ou pelo menos desembarcam de suas viagens imigrantes por Miami, por causa de sua proximidade com a América Central, e também pela cidade situar-se no litoral, facilitando assim o acesso aos Estados Unidos através do litoral.

História

A área de Miami foi o primeiro espaço habitado por mais de mil anos pelo Tequestas, mas foi mais tarde reivindicado pela Espanha em 1566 por Pedro Menéndez de Avilés. Uma missão espanhola foi construída um ano mais tarde, em 1567. Em 1836, a Fort Dallas foi construída, e a área de Miami se tornou posteriormente um sitio de combate durante a Segunda Guerra Seminole.
Miami detém a distinção de ser a única grande cidade dos Estados Unidos fundada por uma mulher, Julia Tuttle, que era uma rica produtora de citrinos nativa de Cleveland.[3] A área de Miami era conhecida como a "Biscayne Bay Country", nos primeiros anos de seu crescimento. Alguns relatos descrevem a zona como um promissor deserto.[4] A área também foi caracterizada como "uma das melhores obras na Flórida."[5] Na Grande Parada de 1894-1895 Miami acelerou o crescimento, onde as culturas da área Miami foram as únicas que sobreviveram na Flórida. Julia Tuttle posteriormente convenceu Henry Flagler, um magnata ferro-rodoviário, a fim de expandir sua Florida East Coast Railroad para a região. Miami foi oficialmente declarada como uma cidade em 28 de julho de 1896 com uma população de pouco mais de 300 habitantes.[6]
Miami prosperou na década de 1920 com um aumento na população e infra-estruturas, mas enfraqueceu após o colapso da Flórida em 1920, o Furacão em Miami em 1926 e da Grande Depressão na década de 1930. Quando a II Guerra Mundial começou, Miami, bem localizada devido à sua localização na costa sul da Flórida, desempenhou um papel importante na batalha contra os submarinos alemães. A guerra contribuiu para expandir a população de Miami, por volta de 1940, 172 172 pessoas viviam na cidade. Depois que Fidel Castro subiu ao poder em 1959, muitos cubanos se refugiaram em Miami, aumentando ainda mais a população. Nas décadas de 1980 e de 1990, diversas crises assolaram o Sul da Flórida, entre elas o espancamento de Arthur McDuffie e o subsequente motim, guerra das drogas, o furacão Andrew e o alvoroço de Elián González. No entanto, na segunda metade do século XX, Miami se tornou um dos principais centros financeiros e culturais internacionais.
Miami e sua área metropolitana cresceu de pouco mais de mil habitantes para quase cinco milhões e meio de habitantes, em apenas 110 anos (1896-2006). O apelido da cidade, A Cidade Mágica, surge a partir deste rápido crescimento. Os visitantes de inverno observaram que a cidade cresceu muito a partir de um ano para o outro que era como magia.[7]

Geografia

De acordo com o United States Census Bureau, a cidade abrange uma área total de 55,27 mi² (143,15 km ²). Dessa área, 35,67 mi² (92,68 km²) é terra e 19,59 mi ² (50,73 km²) é água. Isso significa que Miami inclui mais de 400 000 pessoas em 35 milhas quadradas (91 km²), tornando-se uma das mais povoadas cidades dos Estados Unidos, juntamente com as cidades de Nova IorqueSan FranciscoChicago, entre outras
A cidade é morada adequada pelo menos de um em cada 13 habitantes do sul da Flórida. Além disso, 52% da população de Miami-Dade não vive em qualquer cidade. Miami é a única cidade importante do país emoldurada por dois parques nacionais, Everglades National Park, a oeste, e o Parque Nacional Biscayne no leste.

Clima 

Sua baixa altitude aproxima-se do nível do mar, com localização costeira e posição um pouco acima do Trópico de Câncer. A região deve o seu calor e (h)umidade à corrente do Golfo. Um típico dia de verão não tem temperaturas abaixo de 24 °C. Chuvas de verão aliviam a tarde, a maioria das vezes com trovoadas ou simplesmente uma brisa do mar que se desenvolve no Oceano Atlântico, que então permite a chegada de temperaturas mais baixas.Miami tem um clima tropical de monção (tipo Am na Classificação climática de Köppen-Geiger)[10][11], tem duas estações, uma bem quente e úmida que vai de Maio à Outubro e outra mais morna com menos chuva que vai de Novembro à Abril. Nos quatro meses mais quentes do ano, a temperatura média sempre esta acima dos 28,3°C e nos mais frios acima dos 20°C. A (h)umidade do ar é muito elevada, o ponto de orvalho nos meses quentes varia de 22,2°C em junho a 23,2°C em agosto.[12] Extremos registrados foram -2,8°C em 3 de fevereiro de 1917 e 38°C em 21 de julho de 1940, mas de forma geral o clima de Miami é bem quente com uma temperatura média anual de 26°C.[13]
Cidades-irmãs
Marrocos Agadir, Souss-Massa-Drâa, Marrocos [17]
Jordânia Amã, Província de Amã, Jordânia [18]
Israel Bersebá, Distrito Sul, Israel [19]
Colômbia Bogotá, Distrito Capital, Colômbia [20]
Itália Margherita di Savoia, Apúlia, Itália [21]
Argentina Buenos Aires, Argentina [20]
Bolívia Cochabamba, Cochabamba, Bolívia [22]
Brasil Fortaleza, Ceará Brasil [23]
Brasil Salvador, Bahia Brasil [23]
Espanha Ibiza, Baleares, Espanha [19]
Japão Kagoshima, Kagoshima, Japão [24]
República da China Kaohsiung, Taiwan [25]
Peru Lima, Lima, Peru [26]
Espanha Madri, CM Madri, Espanha [27]
Nicarágua Manágua, Manágua, Nicarágua [28]
Costa Rica Montes de Oca, San José, Costa Rica [19]
Espanha Múrcia, Região de Múrcia, Espanha [29]
França Nice, Alpes Marítimos, França [19]
Itália Palermo, Sicília, Itália [30]
Haiti Porto Príncipe, Oeste, Haiti [26]
China Qingdao, Shandong, China [26]
Israel Ramat Hasharon, Distrito de Tel Aviv, Israel [30]
Brasil Vitória, Espirito Santo, Brasil [23]
Chile Santiago, Santiago, Chile [19]
Colômbia Cáli, Valle del Cauca, Colômbia [19]
República Dominicana Santo Domingo, Distrito Nacional, República Dominicana [31]
Bulgária Varna, Distrito de Varna, Bulgária [31]
Portugal Lisboa, Distrito de Lisboa, Portugal [32]
Itália Asti, Província de Asti, Itália [33]
Tunísia Sousse, Sousse, Tunísia [34]
Resultado de imagem para Miami
Resultado de imagem para Miami
Resultado de imagem para Miami
Resultado de imagem para Miami