sexta-feira, 4 de novembro de 2016

6 DESTINOS ALTENATIVO NA AMÉRICA DO SUL FOTOS

6 DESTINOS ALTENATIVO NA AMÉRICA DO SUL FOTOS

SAIA DO ÓBVIO E DESCUBRA LUGARES INCRÍVEIS NO CONTINENTE

Cansado sempre das mesmas dicas de viagem na América do Sul? Que tal sair do óbvio e conhecer lugares incríveis, mas que são pouco conhecidos pelos brasileiros? Veja aqui nossa seleção com seis destinos que são verdadeiros achados.

CABO POLÔNIO

Cabo Polônio, Uruguai – Há 260 km da capital Montevidéu se esconde um vilarejo incrivelmente charmoso e sossegado. Sem asfalto, luz elétrica, água encanada e internet, o lugar é um paraíso para quem quer se isolar dos estresses da vida moderna. Mesmo com todas essas restrições, Cabo Polônio possui opções de hospedagens - como hostels - que oferecem toda infraestrutura necessária para atender bem os turistas. O visual é tão inacreditável que dificilmente você sentirá saudades da energia elétrica.

HUMAHUACA

Quebrada de Humahuaca, Argentina – O local é um estreito vale montanhoso de 155 km que cruza o noroeste da Argentina, quase na fronteira com a Bolívia e na mesma direção do deserto do Atacama. A região é considerada Patrimônio Cultural e Natural da Humanidade pela Unesco desde 2003 e abriga montanhas multicoloridas e estradas que levam a povoados anteriores aos dos incas. Uma aventura e tanto!

MADIDI

Parque Nacional Madidi, Bolívia – Com uma área de quase 2 milhões de hectares, o Parque Nacional Madidi é uma opção incrível para quem curte a natureza selvagem. O acesso se dá pela cidade de Rurrenabaque e abriga picos nevados, bosques nublados, selvas tropicais e savanas, em uma das áreas de maior concentração de fauna e flora de toda a Bolívia, com mais de 730 espécies de animais catalogadas. Entre as atividades estão rafting no rio Tuichi, trilhas no parque e visita a comunidades indígenas como Tacanas, Chimanes, Maropas e Chamas.

HUACACHINA

Huacachina, Peru – A cidade inca no Peru esconde um verdadeiro oasis. Em Huacachina encontram-se dunas com um incrível lago natural. A lenda diz que a lagoa foi criada quando uma jovem princesa foi pega durante seu banho por um caçador e então a piscina se tornou lago, e o véu de suas roupas tornaram-se dunas. É possível andar de bugue e se aventurar no sandboard. Para visitar o local, é preciso comprar passagens de ônibus em Nasca de onde saem ônibus com destino ao oasis.

CUENCA

Cuenca, Equador – Patrimônio Cultural da Humanidade e dona de um centro histórico em melhor estado de preservação da América do Sul, essa cidade da serra sul do Equador é um dos mais belos destinos em todo o país. Localizada a 50 minutos de avião da capital Quito, a cidade guarda inúmeras esculturas históricas e uma arquitetura colonial incrível. É também o ponto de partida para atrações como o Parque Nacional Cajas, uma área de mais de 28 mil hectares com diversas lagoas que podem ser visitadas por trilhas; e a zona rural como Sigsig, área que produz a palha toquilla, utilizada na fabricação do famoso chapéu Panamá.

SAN AGUSTIN

San Agustin, Colômbia – O parque arqueológico de San Agustín, na Colômbia, faz parte da lista do Patrimônio Mundial da UNESCO desde 1995. Nesse parque, há marcas de uma cultura de mais de 3.000 anos! Um dos passeios é a visita ao Bosque de las Estatuas, uma trilha autoguiada que passa por conjuntos funerários, decorados com 39 figuras em pedra que combinam características humanas e animais. Além disso, o parque possui lindas cachoeiras e cânions.