sexta-feira, 19 de maio de 2017

Teatro Amazonas

TEATRO AMAZONAS 

Teatro Amazonas é um teatro brasileiro localizado no largo de São Sebastião, no centro de Manaus, capital do Amazonas, inaugurado em 1896 é a expressão mais significativa da riqueza de Manaus durante o ciclo da borracha. De estilo renascentista entorno de sua estrutura externa com os detalhes únicos na sua cúpula, tornou-se um dos mais conhecidos monumentos do Brasil e consequentemente, um símbolo dos mais proeminentes de Manaus. A Orquestra Filarmônica do Amazonas regularmente ensaia e apresenta dentro do teatro.

Histórico 

A história do teatro inicia em 1881, quando o deputado provincial Antônio José Fernandes Junior[1], apresentou o projeto para a construção de uma casa de opera em alvenaria, na cidade de Manaus. A proposta foi aprovada pela Assembleia Provincial do Amazonas[1] que iniciou as discussões sobre a construção do edifício. Manaus estava no auge do ciclo da borracha e era embalada pela riqueza provida da extração do látex amazônico, altamente valorizado pelas indústrias europeias e americanas. O projeto arquitetônico foi escolhido pelo Instituto Português de Engenharia e Arquitetura de Lisboa em 1883[1]. No entanto, devido as discussões sobre o terreno para a construção e os custos do trabalho, foi iniciado em 1884 com a pedra fundamental. O trabalho se desenrolava morosamente e somente durante o governo de Eduardo Ribeiro a edificação do prédio tomou impulso[1]. Foram trazidos arquitetos, construtores, pintores e escultores da Europa para realizar o trabalho. A decoração interna esteve ao encargo do decorador pernambucano, Crispim do Amaral,[1] com exceção do corredor a área mais luxuosa do edifício entregue ao artista italiano Domenico de Angelis. O teatro foi finalmente inaugurado no dia 31 de dezembro de 1896.